A diferença de blogar com um propósito

segunda-feira, novembro 30, 2015


Eu resolvi fazer um blog há 3 anos. No início o objetivo era falar sobre tendências de moda, maquiagem, unha. Aos poucos fui mudando o objetivo e os assuntos, pois eles já não contemplavam o que eu estava visando focar em minha vida: minimalismo, espiritualidade, sustentabilidade. Talvez você tenha uma mensagem a compartilhar também. E você só precisa de ferramentas e estratégias para ajudá-la a avançar com um objetivo.
O mundo online pode parecer tão cheio às vezes, como uma festa onde todo mundo já está falando e ninguém está escutando. Talvez você se sinta como se tudo já tivesse sido dito, e não há espaço para você. Mas ele não tem que ser assim.
Há sempre espaço para outra voz. Há sempre espaço para a paixão e propósito. Escrever online é uma oportunidade de servir aos outros, e nunca existe serviço demais no mundo.

Precisamos de sua mensagem - então aqui está como começar a compartilhá-la:

1. Identifique sua mensagem

Às vezes parece que não há nada de novo para dizer, mas na verdade há sempre novas maneiras de falar algo. Sua perspectiva é o que vai fazer a diferença. Para começar, pergunte a si mesmo estas três perguntas:

  • Qual é a sua mensagem? Defini-a de forma tão simples quanto possível, e você vai ser capaz de comunicar isso claramente aos seus leitores.
  • Por que essa mensagem é importante? Por que você quer compartilhar isso com o mundo? Lembrando que isso ajudae você a ficar motivado. O seu "porquê" é tão importante quanto a própria mensagem.
  • Como você fará para entregar sua mensagem de forma diferente? Você não precisa tentar ser melhor do que as outras vozes lá fora. Pode ser diferente em seu lugar. Você tem um pensamento diferente, uma personalidade diferente, e uma combinação diferente de interesses e habilidades do que qualquer outra pessoa. Você não é como todas as outras vozes lá fora, então deixe sua diferença se mostrar.

2. Desenvolva a sua estratégia autêntica

Um blog tem uma mensagem e uma estratégia. A palavra "Estratégia" não tem que ser assustadora. Significa apenas ser claro sobre quem você quer ajudar, e como você fará para ajudá-los. 

  • Quem exatamente será servido por sua mensagem? Quando você sabe para quem você está escrevendo, seus posts se tornam mais pessoais e diretos.
  • Como é que vai ajudar a esse público? Você vai entreter, educar, ou fazer conexões para os seus leitores?
Use suas próprias forças. Se você é cheio de ideias e informações, comece escrevendo mensagens educativas, informativas. Se você é bom com relacionamentos e interação, crie lugares para discussão. Se você costuma ler tudo sobre um tema, considere compartilhar o melhor desses links em um post semanal.
Desenvolver uma estratégia autêntica é encontrar maneiras de usar suas habilidades, seu conhecimento e sua personalidade para ajudar as pessoas.

3. Enfrente seus medos

Vamos ser realistas. Quando decidimos iniciar um novo projeto, iremos inevitavelmente enfrentar resistência. O que está impedindo você de começar agora? A sua mensagem é importante para deixar medos ficarem no caminho.

  • Se você está pensando que você não está pronto, lembre-se que você pode aprender mais ao longo do caminho.
  • Se você se preocupa com o que as pessoas vão pensar, lembre-se este trabalho não é sobre você, é sobre a mensagem, e a mensagem é importante.
  • Se você está temendo a mudança, lembre-se que mudar é sinônimo de crescimento e de vida.
  • Se você está pensando que você não é o suficiente - não especialista o suficiente, não praticou o suficiente, não inteligente o suficiente - lembre-se que você é o único que pode falar com sua voz, sua autoridade e sua experiência.
  • Se você está temendo o fracasso, lembre-se que todo trabalho implica riscos, e você vai aprender como tudo funciona.
  • Se você está preso à ideia de que tem de aprender tudo antes, lembre-se que  a melhor maneira de aprender é fazendo. Apenas tente.
  • Se você está pensando que você não tem tempo, energia ou recursos, lembre-se que você vai fazer o seu tempo para o que importa e blogar não é uma obrigação, mas um hobbie. A não ser que você leve isso como profissão.

4. Nomeie seu projeto

Você terá que escolher um título e o "slogan" para o seu projeto/blog. Títulos curtos são claros e fáceis de lembrar, e devem ter a ver com a ideia principal do seu projeto. Você pode precisar parar e pensar em várias opções antes de encontrar um nome que se encaixe no que você pensa.
Seu título não tem de explicar todo o projeto por conta própria. Use um tagline para esclarecer ou refletir, como a frase que fica embaixo do meu título aqui: Coisas Fúteis - Decoração, Beleza, Minimalismo e muito mais. Em poucas palavras você pode ter uma ideia do meu propósito e direção.
Veja também esse post sobre a escolha do nome do blog.

5. Encontre o seu lugar

Há plataformas de blogs gratuitos disponíveis,como Blogger e Wordpress mas você pode hospedar seu blog em outra plataforma paga. Você precisa registrar um nome de domínio e obter hospedagem na web.

6. Design com objetivo

Comece simplesmente optando por um projeto que reflita o seu objetivo. Você quer uma visão clean para chamar mais atenção à mensagem? Você prefere uma ênfase sobre as imagens? Encontre um tema simples que se adapte às suas metas e comece. Você pode ajustar as coisas com o passar do tempo.

7. Escreva para o seu público

Com a experiência você conseguirá encontrar o formato de post que funciona melhor para os seus leitores. Alguns se prendem mais à mensagens curtas, enquanto outros podem se sentir melhor com posts mais longos. Alguns blogs publicam uma mistura de diferentes tipos, enquanto outros se atém a um formato.
Descubra o que funciona para você e para seus leitores, então projete suas mensagens dessa forma, para manter a atenção do leitor e fazer ele ir se movendo páginas afora.
Mantenha parágrafos curtos, com espaçamento entre cada um deles. Evite longos blocos de texto. Use títulos para quebrar o seu post em seções e para definir as suas principais ideias, como estou fazendo nesse aqui. Em vez de parágrafos, use tópicos ou listas numeradas para ajudar os leitores. Tudo isso são dicas que podem funcionar pra você e ajudar na hora da escrita e da leitura posterior.

8. Construa um público de verdade

Sua escrita tem um propósito? Então, para a sua mensagem fazer a diferença no mundo, você precisa atingir o público certo. Informar as pessoas sobre o que você está construindo, partilhar o seu trabalho com os seus amigos e família, e pedir-lhes para repassar seu blog a qualquer um que eles achem que pode ser ajudado por sua mensagem.
Responder aos leitores que você tem, respondendo às suas perguntas e reconhecendo as suas observações. Ouça o que eles precisam e querem, e procure as maneiras que você pode ajudá-los.
Veja também esse post com 5 formas de se conectar aos seus leitores

9. Seja flexível

Você tem um plano, mas fique aberto a mudanças. Você pode mudar sua direção, suas estratégias, e até mesmo suas opiniões ao longo do tempo, assim como o blog aqui mudou muito, quem acompanha há muito tempo sabe disso. O que faz sentido para você pode mudar à medida que você cresce, amadurece. É como as mudanças de paisagem. Mantenha-se movendo em direção a seu objetivo, mas não tenha medo de mudar seus métodos e concepções ao longo do caminho.

10. Continue com seus objetivos autênticos

Lembre-se de seus próprios objetivos. Seu objetivo para a escrita pode ser o de espalhar ideias, pode ser fazer crescer o seu negócio, ou conhecer pessoas interessantes. Revise sempre seus próprios objetivos, e deixe ir qualquer coisa que você perceba que se move em outra direção.
E lembre-se sempre de ser autêntico. Faça o que é melhor para você e para os outros, com a sua personalidade, suas habilidades e seus dons. Não se preocupe se suas metas são diferentes das de outra (o) blogueira (o). Você não tem que comparar, você apenas tem que fazer o que acha que é certo para você e ser você mesma (o).

11. Faça conexões reais

Mensagens - e pessoas - crescem melhor em comunidade. Para começar a crescer sua comunidade escrita, chegue a outros blogueiros cuja escrita você se identifica. Deixe-os comentários, responda aos seus tweets, compartilhe seus posts e artigos. Deixe-os saber que você aprecia seu trabalho.
Você vai incentivá-los a continuar a fazer mais o que eles amam, e suas conversas podem ajudar ideias para novos lugares, novas estratégias, ou novos projetos para os dois. Vocês podem ajudar uns aos outros a crescerem.

12. Compartilhe generosamente
Plataformas de mídia social podem ser ótimos lugares para a sua mensagem crescer, mas não é divertido seguir alguém que apenas grita sobre seu próprio trabalho o tempo todo. Então, o que você deve compartilhar?

  • Compartilhe links para posts de outras pessoas que você ache inspirador, informativo ou útil.
  • Compartilhe links para o blog/site que influencia e inspira você.
  • Conecte seus leitores a outras pessoas que estão fazendo um bom trabalho.
  • Compartilhe mais sobre o seu porquê: por que você se preocupa com esta mensagem? Por que isso importa? 

13. Permita que outros possam compartilhar a sua mensagem

Se a sua escrita ressoa com seus leitores eles vão querer partilhar a sua mensagem com os outros. Dê-lhes maneiras de ajudar.

  • Use compartilhamento fácil com botões de compartilhamento social no fim do post.
  • Compartilhe suas mensagens de diferentes maneiras, em todas as redes sociais que você usa.
  • No Twitter, compartilhe chamadas curtas, claras, juntamente com a foto e link do post.
  • Compartilhe posts antigos que você ache válido relembrar.

14. Concentre-se em sua mensagem, não no dinheiro

Construir algo sólido na internet leva tempo, demanda energia e foco. Se um de seus objetivos é o de ser compensada por esse trabalho, como você pode fazer isso sob formas que estejam alinhadas com o seu propósito?
Comece dando: dar aos seus leitores a sua escrita, as suas ideias, ou a sua investigação. Convide-os para o seu processo. Compartilhe suas inspirações. Construa a sua postura e ganhe a confiança dos seus leitores. E acima de tudo, faça por amor, de coração. O dinheiro é apenas uma consequência, e não a finalidade.

15. Ouça seus leitores e seja útil

Observe que tipos de comentários os leitores fazem. Preste atenção ao que tipos de mensagens que eles são mais propensos a compartilhar. Ouça as perguntas que seus leitores tem a fazer. Atente para o que os leitores querem ou precisam, e pense sobre como você pode os ajudar. Você pode servir o seu público, fazendo alguma coisa, fornecendo algo, ou ensinando alguma coisa?
Pense sobre quais métodos correspondem à sua mensagem e seu propósito:

  • Se você tem experiência em ensinar, você pode escrever ebooks para os seus leitores, ou oferecer-lhes aulas online.
  • Se você é um especialista em sua área, você pode oferecer serviços de consultoria ou coaching, desde que sua profissão libere esse tipo de serviço online.
  • Se seus leitores querem ajudar o seu movimento a crescer, crie coisas que lhes permitam compartilhar a sua mensagem. Se eles estão orgulhosos de serem membros de sua comunidade, encontre maneiras de ajudá-los a expressar essa identidade, como uma caneca ou uma camiseta, por exemplo. Ou até mesmo banners para que eles possam colocar no blog deles.
  • Se você deseja conectar seus leitores a outros produtos úteis, as parcerias com lojas ou posts patrocinados podem ser ferramentas úteis. Não é porque você quer monetizar, que precisa compartilhar qualquer coisa com seu público. Sempre procure promover produtos e marcas que tenham a ver com seu público e que possam os ajudar de alguma forma.

Nem todos os posts precisam gerar renda, e está tudo bem se você não quiser que isso seja parte do seu blog. Mas, se você está fornecendo ao seu público serviços, se você está compartilhando seus dons e os seus conhecimentos, dedicando seu tempo, ou se você está ajudando de forma consistente, é perfeitamente razoável que você queira monetizar seu blog para compensar esse trabalho. Não há nada de errado nisso também. Mas como eu disse, esse não deve ser seu único e primeiro objetivo.



Você tem uma mensagem a compartilhar, um movimento para liderar, ou um propósito para viver. Há um público que precisa ouvir o que você tem a dizer. Você está pronto. Está na hora. Comece a escrever, com um propósito. Comece agora! Não deixe pra depois.

» traduzido e adaptado de: no sidebar

Você também poderá gostar de

8 comentários

  1. Não consigo me enquadrar nessa parte de um nicho, um objetivo, escrever para um público, monetização.

    Escrever pra alguém ler ou pra ninguém ler, não importa, porque eu gosto de escrever para mim, passar por todo aquele processo de ter a ideia bonitinha na cabeça e publica-la depois. Li com atenção todo o seu post, adorei as dicas e a organização ♥, mas percebi que meu blog não se enquadra, mas tudo bem, né?

    Eu tenho ele como um diário virtual mesmo e não tenho intenção nenhuma de lucrar com isso. Tenho o blog para relembrar, por que sempre volto nos publicações que escrevi a um mês ou um ano e vejo cada detalhe, edito, corrigi e publico coisas novas. Pra mim a beleza de ter um blog está nisso!
    {Desculpa o textão}

    ResponderExcluir
  2. Adorei as dicas, quero um dia colocar todas em pratica rs
    Parabéns pelo post

    www.maisfeminice.com.br

    ResponderExcluir
  3. Eu amo dicas para blogueiros cheias assim como essa. Muito bom adorei ♥

    Blog Sorriso de Vida, clique e saiba mais!

    ResponderExcluir
  4. Ótimas dicas e descreve bem o que passei no início do blog. Antes visava, também, falar sobre produtos, moda, maquiagem, etc. Mas hoje meu foco é totalmente diferente! Meu blog é como se fosse meu diário virtual, e tudo o que eu vivo dou um jeito de colocar lá de uma forma geral: maternidade, textos, produtos legais que estou usando. Blog é bem pessoal mesmo e deve ser preenchido com tudo que tem dentro do nosso coração! Beijos
    http://soflavices.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Adorei a dica e concordo plenamente que o foco não seja apenas no dinheiro mas sim na diversão, no prazer de fazer isso.

    http://idealizandolivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Parabéns pela postagem! Vou voltar com o blog dia 4 e essas dicas serão bem úteis.


    www.canalhashtag.com.br

    ResponderExcluir
  7. Adorei esse post. Sério, estava esses dias meio na bad pensando que meu blog (comecei a blogar novamente, depois de quase 3 anos parada) ia ficar meio vazio. As vezes sinto que hoje a internet não é mais um espaço legal para publicar as coisas. Vejo tantas pessoas com opiniões vazias, mas insultando pessoas que querem apenas seguir seus instintos e fazer aquilo que gosta e tem se dedicado. Vejo blogueiras famosas, que são atacadas de forma tão sem nexo. E as vezes penso: Realmente estou pronta pra isso? É o que eu amo, é o que quero seguir. Mas estou preparada pra tanta gente querendo apenas diminuir o próximo e se sentir bem? E ai paro e penso: Na empresa vão te puxar o tapete, no colégio, faculdade, e muitas vezes até ao nosso redor. A diferença é a forma que é feito. Fazer aquilo que gosta, por que gosta, não é um problema.

    Realmente fiquei bem feliz com seu post e bom, agora é mão na massa. Boa sorte com o seu blog. E me deseje boa sorte com meu rsrs Sei como a trilha é longa, mas como a satisfação de fazer algo que ama, é um retorno maravilhoso.

    Beijo grande lindona.

    http://www.maleando.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Amei o texto, amei o blog! Parabéns, adoro entrar em blogs tão bem escritos e que tenham boas mensagens. Estou há pouco tempo com meu blog, e sinto sim insegurança em falar de determinados assuntos, medinho que pensarem que não tenho autoridade pra isso. Seu texto me encorajou. Obrigada. Bjs

    Priscila

    www.hashtagmenina.com.br

    ResponderExcluir

Subscribe