Em busca de uma beleza justa: ayurveda e beleza natural

domingo, setembro 06, 2015


Já fiz um post aqui no blog falando sobre a Medicina Ayurvédica. Acontece que hoje vim compartilhar a conexão mais linda que descobri recentemente entre esse tipo de medicina e a proposta da beleza natural.

O ayurveda preconiza que cada ser é único e divino e tem a sua própria beleza essencial. Para ser belo é preciso sentir-se belo e expressar as suas características naturais com liberdade e bom humor. Não é só parecer superficialmente belo, mas transmitir uma atitude vibrante de viver!
Nossa cultura ocidental diz que não existe mulher feia e sim mulher malcuidada. Outros dizem que a beleza está nos olhos de quem vê. O ayurveda fala que a beleza é o resultado de um estado equilibrado de corpo, mente e emoções que proporciona nosso brilho natural.

O fator externo da beleza é percebido na textura e consistência da pele, na luminosidade e força das unhas, dentes e cabelos, na coloração dos lábios, na postura física e graciosidade dos movimentos podendo ser desenvolvido através de práticas físicas, de terapias externas como massagens, lepas, banhos e todos os rituais de beleza que utilizam elementos puros oferecidos pela natureza. 
O aspecto interno pode ser observado na vitalidade e na imunidade do indivíduo, conquistados através das escolhas diárias e de rotina próprias para o biotipo: alimentação, ervas, terapias pacificadoras (shamana), rotinas de limpeza e desintoxicação, etc. 
O terceiro fator, “secreto” ou “mágico” pode ser reconhecido no brilho do olhar, na sensação de conexão com o “eu interno” e com a natureza, no magnetismo pessoal, na clareza mental e na força do “ser”. Este terceiro aspecto é desenvolvido através da meditação, das terapias promotoras de auto-conhecimento e paz, do contato com a natureza e da relação íntima com seus elementos puros. Esta condição pode ser fortemente influenciado por práticas como a cromoterapia, a gemoterapia (uso de cristais e pedras preciosas), o uso de florais e aromas, e de todas as terapias que dão suporte ao processo de auto-conhecimento.

Ayurveda sempre entendeu a beleza como um produto da saúde física e apropriados cuidados diários. Não é apenas um evento cosmético. A ênfase no autoconhecimento e desenvolvimento de rotinas positivas trará o melhor de nós mesmos.

Digestão e evacuação

Segundo o ayurveda, é a digestão perfeita e a assimilação da comida, juntamente com a eficiente evacuação dos resíduos, que são essenciais para a beleza. Juntos elas são responsáveis por produzir pele clara, olhos brilhantes, cabelos sedosos, unhas fortes e uma natureza de compaixão.

E como beleza é um evento diário, então observe essas dicas milenares e veja o que pode aprimorar na sua rotina:
  • Coma de acordo com seu dosha (biótipos do ayurveda).
  • Aumente seu agni (fogo digestivo segundo o ayurveda) comendo em pequenas quantidades, bebendo água morna com limão ou chá de gengibre.
  • Consuma grãos integrais e fibras.
  • Evite gorduras saturadas para manter o sangue limpo.
  • Evite açúcar refinado que estressa o pâncreas e a glândula adrenal. É a combinação de carboidratos refinados e excesso de proteínas que força as toxinas para a superfície da pele, na forma de espinhas.
  • Aumente o consumo de minerais, que contribuem para o frescor e o magnetismo da boa saúde.
  • Diminua o consumo de proteína animal e aumente as proteínas vegetais. Dietas pobres em proteínas enfraquecem o organismo e causam um olhar fundo na face.
  • Dieta com pouco sal. O sal no corpo provoca circulação lenta e retenção de líquidos. Isso pode criar o olhar profundo da face e bolsas sob os olhos. No Ayurveda sugere-se uma dieta pobre em sal quando a pessoa está com problemas de pele.
  • Evite estimulantes fortes ou depressivos, como cafeína, sodas e álcool. Eles estressam o corpo e fazem a pele perder a elasticidade, enrugam a testa e produzem bolsas sob os olhos.
  • O sono é um grande curador e fortalece o corpo. O sono adequado ajuda a garantir corpo e mente saudáveis, frescos e belos. As horas mais saudáveis para dormir são durante a noite, no escuro.
  • Higiene regular do corpo.
  • Beber líquidos adequadamente. Só ingerir água em quantidade depois de 1 e ½ hora após a refeição. A ingestão de água melhora a qualidade dos ossos e limpa o sangue.

Pele

Até mesmo os sábios que viviam na Índia durante o período Védico sabiam que dois tratamentos importantes para a pele são ar fresco e água. A pele precisa respirar e cobri-la de loções durante o dia e a noite prejudica esse processo. Portanto, é melhor remover o creme após 20 minutos de aplicação, período em que acontece a maior absorção dos produtos pela pele, e deixar a pele limpa durante a noite.
O melhor tônico para a pele é água gelada. Ela estimula a célula, aumenta a circulação e promove o fechamento dos poros. Em climas muito quentes, envolva um cubo de gelo em tecido e aplique sobre a face para eliminar o excesso de óleo do nariz e testa. Pela manhã, lave a face e pescoço com água fria ao despertar.

Existem três passos diários para uma pele bonita e saudável:
  1. Limpeza: para remover a poluição, oleosidade e maquiagem;
  2. Tonificação: para fechar os poros, purificar e rejuvenescer;
  3. Hidratação: para manter a umidade e nutrir. Até mesmo a melhor pele deve ser hidratada para manter a umidade junto à célula.
Outro princípio é passar na pele apenas o que também comeríamos. Os sentidos servem para discernir o que nos beneficia ou prejudica. Cores, cheiros e sabores artificiais tentam contornar esse mecanismo, mas na comparação direta, percebemos a diferença entre natural e sintético. Faça o teste com o sabor dos seus produtos de higiene e beleza.


Presentes da natureza

A ayurveda oferece dezenas de compostos orgânicos a base de ervas, frutas, legumes, óleos vegetais e essenciais, mel, ceras, manteigas, cereais, argilas, pedras preciosas e leites para potencializar a beleza da pele, cabelos e unhas. Estes ingredientes naturais além de tratar o corpo físico tem a capacidade de influenciar aspectos sutis e energéticos de nossos corpos. Faz ferramenta apenas de recursos naturais, animais e vegetais e preconiza que só devemos passar na pele e cabelos o que podemos colocar dentro de nossas bocas. Considera ainda o potencial energético de todos os elementos utilizados dentro dos tratamentos externos e não unicamente o poder bioativo.

Para o ayurveda, a beleza acontece de dentro para fora mas também pode ser influenciado por rituais de beleza externos, por isso um tratamento de beleza ayurvédico compreende terapêutica para todos estes fatores: orientações alimentares, uso de ervas e rotina diária, procedimentos como massagens com óleos medicados, leites e cereais, exfoliações com pós de ervas, pastas medicinais com argilas, mel e outros elementos naturais, saunas aromáticas e máscaras faciais terapêuticas. 

Mulheres ao redor do mundo estão cada dia mais independentes. Estamos muito mais ativas que nossas avós. Mas continuamos nos cobrando a beleza exterior perfeita que as mídias mostram. Porém, como atingir essa perfeição se não reservamos tempo diário para cuidados tão simples como os que eu citei acima? E mais, nenhuma maquiagem no mundo vai conseguir esconder a tristeza e o cansaço que está por trás do seu olhar. A ayurveda nos orienta plenamente a tecer atitudes de consciência e responsabilidade e acredita que apenas nutrindo bons hábitos de forma global bordamos beleza aos nossos corpos e nos tornamos mais saudáveis e conectados com o meio em que vivemos, com nossas mentes e corpos e também com o nosso espírito.

» fontes | namu e sala de ayurveda

Você também poderá gostar de

2 comentários

  1. Algo que eu acho muito interessante no Ayurveda é que com condimentos, alimentos e ingredientes naturais conseguimos regular o nosso corpo. Gostaria muito de estudar e praticar o Ayurveda mais profundamente. Já tentei comer diariamente segundo as recomendações do meu dosha (pitta), mas confesso que não levei adiante. Hoje a minha alimentação é uma mistura de um pouquinho do que fui aprendendo (vegetarianismo e, às vezes, Ayurveda). A recomendação de tomar limão de manhã (em jejum) é muito funcional. A pele e o organismo como um todo passam muito bem ao longo do dia. Também gosto da visão da qualidade dos alimentos. Evitar os tamásicos (ainda que eu ame congumelos, queijos e tubérculos) me ajuda a me sentir mais leve. Outra dica que eu gosto é a questão dos óleos, principalmente de gergelim. Espero um dia me dedicar mais nessa terapia. Ótimo post!

    ResponderExcluir
  2. Adoreeei o post! Acho difícil encontrar blogs que falam sobre esse assunto, muito legal saber que você compartilha essas ótimas dicas por aqui =)
    http://laemjupiter.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Subscribe