Sobre matar o instagram

sexta-feira, abril 10, 2015


Gente, eu passo por isso e penso nisso todos os dias, e aí vem a San e escreve um texto justamente com tudo o que tá dentro da minha mente e há tempos tento explicar pra mim mesma. Não tinha como não compartilhar por aqui. Lá vai!

"Ou vocês fecham o instagram ou cancelam a minha internet, porque não ta fá"cil viver assim não.
E se pra você ta de boa, você: a) não segue lindas b) tem uma auto estima boa. Eu sigo lindas e eu não tenho auto estima boa, então…
E eu to fazendo tudo errado sabe? To seguindo lindas do mundo (porque não bastava as da minha cidade, agora tenho que conviver com lindas world wide!) e to me comparando com cada uma delas…e vocês já devem imaginar a merda.
São horas deslizando a tela pra cima com o dedão em silencio e ocasionalmente falando um: nossa…
E assim, eu entendo que seria mais fácil deletar o insta e falar: de boa, não preciso ver lindas nunca mais. Mas não ia adiantar de nada sabe? Porque eu entendo que as lindas não tem culpa, a culpa é “minha”! Culpa de não gostar de mim mesma.
Pode parecer que não, mas ter uma auto estima ruim afeta TODA a nossa vida! Nossos relacionamentos, nosso humor diariamente, nosso animo pra fazer as coisas…
A culpa é da sociedade né? Da publicidade consumista imbecil. Do photoshop very crazy, da Victoria’s Secret, do cabelo da Jennifer Aniston, do Instagram… A culpa não é necessariamente minha (nossa), mas nada disso vai deixar de existir pra eu me sentir melhor comigo mesma.
E eu to ligada, vocês vão vir aqui falar: mas você é bonita! E olha migos, eu agradeço muito, mas eu gostaria mais se vocês chegassem em mim e falassem: mina, já passei por isso, fazer crochê me ajudou! (exemplo meramente ilustrativo).
Porque eu honestamente, eu quero gostar de mim. E principalmente quero não me comparar com cada ser humaninho que passa em frente ao meu globo ocular!
Esse texto é meio que um ‘migos me ajudem, ta foda’. Ouvir que você é daora é fácil, o foda é acreditar!"





» imagem | freepik

Você também poderá gostar de

12 comentários

  1. Eu já tive MUITOS problemas de auto estima na minha vida, então sei bem como é isso (e sempre tinha um imbecil pra dizer que é frescura, drama ou que não passava de futilidade minha). Isso me fez ficar apegada à maquiagem por um tempo, inclusive, mas era horrível, porque quando eu tirava eu me sentia um cu, e a maioria achava que era apenas algo superficial da minha parte.
    Bom, com o tempo eu cansei disso e fui largando aos pouquinhos. Primeiro fui usando menos em casa pra me acostumar, depois fui largando na rua também. Hoje em dia eu tenho é preguiça de usar, hahaha, não uso nem batom.
    Claro que eu ainda implico comigo mesma às vezes, mas isso já não estraga meus dias, muito menos minha vida. E quando eu olho no espelho, tento apontar uma qualidade em mim toda vez que eu ver um defeito. "Meu cabelo tá ruim? E daí? Eu amei essa roupa que eu escolhi, e meus olhos são lindos", por exemplo.
    Postar coisas incentivadoras no blog me ajuda também, começou porque eu tava tentando ser positiva escrevendo coisas que poderiam me contagiar de algum modo, e um dia uma garota disse que se sentiu melhor no dia por causa de um texto meu. Eu quis ajudar mais pessoas, e resolvi tentar continuar. Aqueles textos acabaram me convencendo também que se os outros podem aceitar meu conselho de olhar no espelho e focar no melhor ângulo, eu também posso (e devo). Sempre que eu reclamo de algo, penso pra mim mesma: "ué, não é você que faz discurso de 'ame seu corpo' por aí? Relaxa que tá bom assim =)", e por incrível que pareça, ajuda bastante. E hoje em dia, eu amo meu corpo como nunca amei antes e devo muito à escrita por causa disso, eu realmente não seria nada sem papel e caneta (ou um PC pra digitar =P).

    antigosdiarios.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito boa essa sua perspectiva, Amanda. Vou tentar adotá-la na minha vida.
      Muito obrigada pelo comentário e pela visita <3

      Excluir
  2. Meu Instagram é que nem meu Facebook: só uso para postar, não vejo o que os outros postam. Conteúdo alheio só consumo pelo Twitter e pelos blogs que sigo no Inoreader. ;)

    ResponderExcluir
  3. disse TUDO. A gente fica querendo alcançar os padrões consideramos MARAVILHOSOS, então ver esses instas, facebooks e etc por ai só nos fazem MUITO MAL. :( Eu já me sinto uma porcaria. A quantidade de contas que eu deletei do instagram e quantas vezes eu já apaguei fotos minhas não é pra brincadeira (@claraaaragao) basta ver, to respostando tudo de novo.

    Mas eu também queria gostar mais de mim mesma, de me amar mais e ACIMA DE TUDO me aceitar. Mas é muito difícil, eu só me sinto cada dia pior.

    www.literalinda.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muito complicado, né. Uma luta diária.
      Mas um dia a gente chega lá, se Deus quiser! O importante é não desistir nem se deixar abater.

      Excluir
  4. Minha vida é um eterno conflito comigo mesma (olha, posso usar isso em um texto hahaha). Eu sigo algumas garotas lindas e "ricas" no Instagram e olha tem vezes que eu fico pensando "porque algumas nascem com tanto e outras com tão pouco?". É foda, principalmente quando não aceitam/entendem seu estilo. Se eu uso um batom escuro todo mundo fala, quando eu fiz a minha primeira tatuagem logo após meu primeiro piercing, geral ficou de cara, porque ninguém esperava isso de mim. Acho que se eu conseguisse aceitar meu estilo e fazer a minha família entender a minha necessidade de expressão, minha auto estima seria muito melhor... D: Eita, desabafei no comentário, que bosta hein? hahaha adoro teu blog!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso também é muito triste, né, Irianne. Essa repressão toda, não podermos ser quem realmente somos... tudo isso influencia. Que isso, a intenção é exatamente essa: podermos trocar desabafos, debater, se ouvir.
      Muito obrigada pela visita e pelo comentário! Beijos

      Excluir
  5. Eu ja tive a auto estima ruim, mas hoje eu me amo do jeito que eu sou , Acho que pra ser feliz a gente tem que se aceita, Uma vez minha psicologa me disse: Se você se olha no espelho e se acha bonita o resto do mundo ira achar também , pq vai transmitir beleza ...
    Você é linda do seu jeito com as suas qualidades , e quanto ao resto do mundo , ninguem precisa de resto pra ser feliz .
    Adorei seu post , http://eesmaltecia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso é verdade, meu bem. O mundo nos enxerga como nós nos mostramos para ele. Vou tentar pensar mais nisso todos os dias. Muito obrigada pela reflexão!!
      Beijos!

      Excluir
  6. Eu já tive e tenho esse problema com auto estima, mas hoje em dia, tento ligar menos. Isso varia muito durante o mês, em dias mais sensíveis,acabo ligando mais, mas de certa forma aprendi a me amar um pouco mais e me aceitar tmbm. Adorei esse tweet, e gostei muito que você compartilhou o texto, estava precisando ler algo assim hoje ( dias sensíveis)
    Beijos ,3
    www.umdiarioqualquer.com

    ResponderExcluir
  7. caraca! adorei o texto e nunca tinha visto ngm falando assim na internet, parabéns! Claro, posts sobre aumenar a autoestima, sobre como é maravilhoso autoestima elevada e fórmulas - mágicas ou não - existem aos montes por aí,mas um relato sincero, esse tá difícil.

    Mas, ó, vim na verdade dizer que eu sei sobre o que vc está falando. Quando eu digo que nao me acho bonita, vejo variadas reações, do exagero ao achar que to mentindo, dizem tudo e uma coisa em comum: mas vc é tão bonita . ¬¬ eu nao sou linda. sou normal. não sou feia. eu tenho espelho, tenho um mínimo de noção... o problema nao é saber disso, não é vc, o amigo, o marido ou o papa te falar que vc é bonita, o problema é vc SENTIR que é! E, sim, isso muda toda a sua postura diante apenas tudo.

    ultimamente, tenho me sentido bem melhor. o que mudei? eu tenho um estilo um pouco fora do padrao e agora assumi de vez. Não fico mais usando coisas que combinam comigo e deixando de usar outras pq são muito diferentes. Na verdade, é super cansativo isso que todo mundo anda igual hoje em dia, se uma roupa tá na moda, todos vão comprar... só uso que quero gosto. Adoro make, então é batom vermeloh (que eu morria de vergonha de usar) e olho gatinho todo dia. Uso salto pq acho bonito e melhora minha postura, fico super alta, maior que todas as minhas amigas, mas nao ligo mais.

    patricinhas podem usar roupa extravagante, make e saltão todo dia, mas é lindo pq está na moda, pq segue o padrão, mas eu sou a estranha porque uso essas coisas só que numa verão que acho mais bonita? sinceramente, estranho são os outros!

    parece tanta besteira, parece até fútil, pq melhorei minha autoestima apenas mudando minha forma de me vestir... aparentemente, foi isso! mas já pensou no que fez minha forma de vestir mudar? autoaceitação! eu comecei, dia após dia - e houve dias bem difíiiiceis! - só vestir/fazer o que me fazia sentir bem e linda. aceitei que tenho uma forma diferente de expressão e isso me libertou demais. Claro que ainda tem os dias que nada me convence do contrário, mas, nesses dias, preciso usar e fazer algo que eu sei que faz eu me senti bem e bonita. (truques! aqueeeeeeela roupa linda, aquela make, aqueeeeeeeele perfume!)

    bom, escrevi um post sem notar hahaha

    vou publicar algo nesse sentido em meu blog e citar seu texto como inspiração, posso?
    beijo

    www.muitamo.com


    ResponderExcluir
  8. Você disse tudo! Hoje mesmo parei de seguir algumas pessoas, mas ainda preciso parar de seguir alguns. Não tenho problema com auto estima, mas poxa, no insta não da pra ter uma boa auto estima com todas aquelas lindas e com a vida tão perfeita, até parece que vivem em um conto de fadas. Tudo ilusão, e o pior é que sabemos que nada é perfeito, mas mesmo assim acreditamos.

    Prazer, Jéssica

    ResponderExcluir

Subscribe