Esses dias

sexta-feira, março 20, 2015


Gosto dos dias que começam bem cedo e terminam bem tarde. De noites em que só se dorme metade do tempo necessário, porque na outra metade estivemos a pôr a conversa em dia com a melhor mãe do mundo. Gosto dos dias em que recebo mimos multiplicados do bebê mais doce do mundo. Gosto destes dias preciosos de irmã, da minha mãe com um colo que é intemporal. Gosto dos dias que têm as minhas flores favoritas porque sim, ainda há quem presenteie com flores. Gosto dos dias serenos que me trazem pessoas que oferecem o melhor de si aos outros (sou-lhes grata por tudo).
Os dias bons não têm de ser dias perfeitos. São dias bons e isso é muito bom. Dias em que tudo é mais simples, dentro da imperfeição da vida. Dias em que as certezas são mais fortes do que as dúvidas. Dias em que o amor basta. Dias em que podemos até nem saber muito bem o que vem a seguir, mas temos a certeza absoluta de que ninguém nos tira nada do que somos, do que temos e do que vivemos.
Gosto dos dias cheios de entusiasmo para contar, do pulsar dentro do peito, da vida vivida a mil, dos planos todos que fazemos, que renovamos e que aprendemos a guardar para nós, como se faz com os tesouros. Gosto de saber, com toda a força do meu ser, que o melhor dos meus dias és tu na minha vida e eu na tua. E de sentir esta gratidão eterna ao Universo pelo nosso encontro.
Trago em mim uma certeza que é uma bússola, que me enche o peito de ar e me renova a fé de serem estes os dias de absoluto existir. Os dias em que sabemos tão bem que ser feliz hoje, agora, é mais importante do que ser feliz para sempre.

» imagem | gillian stevens

Você também poderá gostar de

1 comentários

  1. Amor transformado em palavras. ♥
    Cada dia tenho mais certeza de que os ínfimos detalhes que nos rodeiam são a nossa presente felicidade.

    Beijo Estefanie! ♥

    ResponderExcluir

Subscribe