Não tenha pressa

quinta-feira, fevereiro 05, 2015


A vida acontece no tempo presente. Viver o aqui e agora é aproveitar cada oportunidade como se fosse única. Na verdade é exclusiva. Aproveitando a chance de hoje eu faço surgir novas chances amanhã. Viver no presente torna a vida leve, alegre e plena. Mesmo quando enfrenta dificuldades, crises e sofrimento você pode suportar qualquer situação, simplesmente estando no momento presente, reconhecendo o que se apresenta e escolhendo sua atitude diante das circunstâncias.
O presente permite desfrutar o que foi construído no passado e traz ao mesmo tempo a responsabilidade de continuar construindo o futuro. É aqui e agora que você pode abrir as portas da oportunidade e transformar seus sonhos em realidade.
Ainda existem homens e mulheres que vivem apegados ao passado, na ilusão, mantendo-se prisioneiros de si próprios. Sentem angústia, pois a referência do que era bom ficou para trás, deixando de perceber as possibilidades do momento atual. 
Ao liberar o passado, você recupera a energia que estava aprisionada e torna-se disponível para você. A energia redirecionada para o presente poderá ser mais bem aproveitada, inclusive na construção de novas realizações. Já o medo do futuro faz com que você antecipe o que não deseja que aconteça, em vez de se ocupar com a vida que deseja viver. A leveza, a plenitude e a alegria são resultados de vários fatores em equilíbrio. Há momentos em que é preciso esperar, em outros avançar, mas para ter a resposta correta do que fazer a atenção no presente é essencial.


Não tenho pressa. Pressa de quê?
Não têm pressa o sol e a lua: estão certos.
Ter pressa é crer que a gente passa adiante das pernas,
Ou que, dando um pulo, salta por cima da sombra.
Não; não sei ter pressa.
Se estendo o braço, chego exactamente aonde o meu braço chega -
Nem um centímetro mais longe.
Toco só onde toco, não aonde penso.
Só me posso sentar aonde estou.
E isto faz rir como todas as verdades absolutamente verdadeiras,
Mas o que faz rir a valer é que nós pensamos sempre noutra coisa,
E vivemos vadios da nossa realidade.
E estamos sempre fora dela porque estamos aqui.

Alberto Caeiro, in "Poemas Inconjuntos"
Heterónimo de Fernando Pessoa

» imagem | kinfolk

Você também poderá gostar de

6 comentários

  1. Lindo texto. Acho incrível como encontro esses textos no momento em que mais preciso. Obrigada e bjs

    www.garotadosuburbio.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom, Susany! Fico muito feliz por você.
      Obrigada por passar por aqui.
      Beijos adocicados.

      Excluir
  2. Eu sempre me preocupei muito com o futuro, mas estou deixando isso aos poucos, pois acabo me preocupando com o que eu vou fazer depois e esqueço das coisas que eu posso realizar hoje mesmo.

    Texto incrivelmente lindo, inspirador!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente, Alana. Muitas vezes nós fazemos isso mesmo.
      Beijos e obrigada pela visita!

      Excluir
  3. Olá, Estefanie!

    Gosto muito do seu blog e das suas reflexões. São inspiradores! <3

    Beijos,
    Tais

    ResponderExcluir
  4. Oi Estefanie! Tudo bem?
    Gostei tanto do seu texto que tive que compartilhar no meu blog! (caso queira ver http://amorasacidas.blogspot.com.br/2015/03/nao-tenha-pressa.html)
    Parabéns pelo seu blog, aliás. Parabéns pelos textos, pelas dicas, por tudo. Seu cantinho aqui na web é lindo demais <3

    ResponderExcluir

Subscribe