Eu ouço: Rodrigo Amarante

segunda-feira, setembro 29, 2014


Da última vez que postei nessa categoria, falei sobre Marcelo Camelo, ex-integrante do Los Hermanos. Dessa vez vim falar do também ex-integrante, Rodrigo Amarante que, particularmente, era minha voz favorita na banda (em breve falarei também de Little Joy). Ambos lançaram CD solo, e este é o primeiro do Amarante, lançado em 2013. O que acontece é que neste álbum ele deixou um pouco pra trás todas as referências anteriores de bandas que já participou. Ficou só ele mesmo, cru, exposto. 


"Como ele declara na própria carta que escreveu para o disco, se reconheceu no vazio, nas saudades eclipsadas, saiu de si para poder enxergar-se melhor, o duplo, o outro, o meio entre diversos mundos, o Cavalo, afinal.
Expondo a mais forte característica da melancolia, a beleza que escorre por entre seus lamentos, algo brilhantemente trabalhado nas diversas formas de arte ao longo do tempo, Amarante quer ser cáustico e despido de excessos. A capa, que se limita a listar as letras em preto e branco, o minimalismo da abordagem, a secura dos timbres que, mesmo quando “quentes”, caso de “Hourglass”, exalam uma busca comedida e uma construção quebrada. Há muito por trás da aparente simplicidade monotemática arrastada do disco." Via Revista O Grito.



Este é um disco de vazio, de devaneios, lamúrias, sombras, saudades, dores e alegrias. E, apesar de toda a melancolia, soa com uma autenticidade incrível.


Se você não conhece ainda o trabalho solo dele, pode ouvir o álbum completo pelo Sound Cloud ou dando o play aqui embaixo:



É isso aí, gente! Espero que tenham gostado. Quem aí ouve? Quem nunca tinha ouvido? 

Você também poderá gostar de

1 comentários

  1. Que trabalho hein? Apaixonante! Ameiii

    www.fashionworldbykaren.com
    Instagram: www.instagram.com/fashionworldbykaren
    Facebook: www.facebook.com/fandbworld

    ResponderExcluir

Subscribe