25 agosto 2016

Dica de filme: Julieta


Apesar de amar assistir filmes, confesso que não sou  grande entendedora e crítica de Cinema.  Assisti Julieta, o novo longa de Pedro Almodóvar, há cerca de 2 semanas no cinema com meu namorado. Este filme levou o diretor a concorrer à Palma de Ouro em Cannes pela quinta vez em sua carreira.

Sinopse: Julieta tenta seguir em frente ao cogitar mudar de país com o namorado, mas um passado nebuloso volta à tona e ela tem que purgar tudo que viveu com a filha Antía.


O filme começa quando a madura Julieta, na casa dos 50 anos, está prestes a mudar de país com o companheiro, ela encontra ocasionalmente uma antiga amiga da filha. Tal evento atormenta a nossa personagem título. Percebemos que há algo de nebuloso no passado dela e que a informação sobre a filha faz com que a necessidade de uma guinada seja urgente e ultrapasse a instável – e talvez falsa- calmaria que vivia.

A protagonista, Julieta, é interpretada por duas atrizes. Quando jovem, aparece na pele de Adriana Ugarte, que vive a fase em que esta professora de mitologia grega conhece num trem um atraente pescador, Xoan (Daniel Grao). Julieta e ele vivem uma noite de amor no trem.



Desse envolvimento nasce uma filha, Antía, que está no centro do grande drama da vida da Julieta madura (Emma Suárez). Ambas tentam juntas se recuperar de uma grande tragédia ocorrida na vida deles.



Anos depois dessa tragédia, Antía já jovem some da vida da mãe. Após muitos anos, quando  Julieta finalmente ela está encontrando um novo eixo e possibilidade de uma nova vida com seu novo companheiro, reencontra uma amiga de infância da filha e o drama recomeça.



O filme é do jeitinho que gosto: mescla cenas atuais e cenas do passado que explicam muitos acontecimento do presente (e vice-versa). Porém, é um filme que se torna cansativo com o tempo, com a sensação de que o fim nunca vai chegar. Com apenas 1h39min, o filme parece muito mais longo. Não há respiro entre as três histórias, que são ao mesmo tempo interligadas e completamente distintas, o que exige uma concentração grande do espectador.


Do pouco que entendo, achei o roteiro excelente, daqueles que te fazem perder o fôlego e não querer tirar os olhos da tela (nem mesmo pra ir ao banheiro). A fotografia é incrível, uma característica de Almodóvar, que é um diretor refinado. Ele explora bastante a variedade de cores - repare nas roupas usadas pelas mulheres!
Uma história desta densidade cria expectativas e por isso há uma certa frustração ao final, especialmente porque as expectativas são sempre altíssimas, em se tratando de Almodóvar. O filme termina e deixa um gostinho de quero mais, uma sensação de que ainda não era a hora de terminar, mas nada que seja decepcionante e tire o mérito de todo o filme.

Assista ao trailer:


A nota para esse filme é: 4 baldes de pipoca!


08 agosto 2016

Ritual do chá


Vocês já sabem que amo chá! De todos os tipos. Pra quem não sabe, o chá é uma bebida que concentra a energia e o poder das plantas e ervas. O ritual de preparo, além de aumentar a potencialidade energética do composto, pode ajudar a aumentar nossa conexão espiritual, portanto é muito importante termos atenção atenção plena e nos dedicarmos mentalmente na hora do preparo.

COMO PREPARAR O CHÁ
  • Prepare seu chá conforme as técnicas da Fitoenergética. Para preparar você pode começar com uma oração poderosa para ativar a energia das plantas.
  • Pegue a xícara de chá e sente-se em um local confortável. Evite interrupções, desligando o telefone, a campainha, etc. Coloque uma música suave e relaxante a seu gosto.
  • Com uma mão, segure a xícara de chá e repouse a outra mão sobre seu coração. Acalme seus sentidos, feche os olhos, respire profundamente até ir se tranquilizando por completo. Quando você conseguir sentir plenamente as batidas do seu coração em sua mão, concentre-se nelas.
  • Imagine que a outra mão que segura o chá acompanha essa mesma pulsação. Sinta que todo o líquido pulsa na mesma frequência do seu coração.
  • Agora imagine, sinta, ou visualize que a cada pulsar do seu coração, o chá muda de cor, intercalando entre um verde brilhante e um prata cintilante. Mantenha essa sintonia, imaginando, ou acreditando nesse pulsar verde e prata, na frequência do seu coração.
  • Ainda com olhos fechados, beba pequenos goles do líquido.
  • Sinta que o pulsar verde e prata se transfere totalmente para seu corpo, que começa a vibrar nessas duas cores: verde e prata.
  • Continue tomando o chá lentamente. Quando terminar o conteúdo, mantenha-se em silêncio e em relaxamento por alguns minutos, só então desperte lentamente, sem pressa ou correria.

SOBRE A PRÁTICA
  • Essa prática pode ser realizada também antes de dormir, de manhã cedo ou em qualquer momento de meditação ou reflexão. Produz efeitos positivos que equilibram as emoções, reorganizam os pensamentos, conectando-nos em sintonias superiores.
  • Faça para qualquer tipo de chá.
  • Faça sempre e você se beneficiará de incríveis e profundas transformações em sua vida.

» fonte | fitoenergética


01 agosto 2016

Meus novos adesivos de parede


Semana passada recebi dois adesivos de parede da loja online QCola. A QCola nasceu com a ideia de reinventar o conceito de design, buscando oferecer mais que um produto, mas criar uma identidade para a personalização de seu ambiente. 
Eles são líderes no mercado brasileiro e colocam à sua disposição produtos exclusivos criados pela equipe deles de designers. Ou seja: são desenhos únicos e exclusivos! 
Além de adesivos de parede, a loja também possui uma enorme variedade de papéis de parede, espelhos, posters, adesivos para azulejo e também para geladeira. Na loja virtual você pode escolher o adesivo e simular a cor da parede, o que ajuda muito na tomada de decisão.
Existe uma diversidade de cores e tamanhos de alguns adesivos, mas se você desejar desenvolver um projeto exclusivo, eles também fazem esse serviço! Os preços são ótimos, o que mostra que não é preciso muito investimento para deixar seu ambiente mais agradável e exclusivo.

Gravei um vídeo mostrando o processo de escolha do local, aplicação e resultado final dos adesivos no meu quarto (em dois ambientes). Só dar o play aqui embaixo e conferir:





Os adesivos vieram MUITO bem embalados, como mostrei no vídeo e como mostram as fotos abaixo. O processo de aplicação é super simples e fiz tudo SOZINHA, como vocês puderam ver. O resultado final é incrível e a qualidade do produto me deixou bastante surpresa. Bem diferentes de outros adesivos de parede que já tive oportunidade de testar.



Segue o link dos adesivos de parede que mostro no vídeo:
  • Adesivo de PALAVRAS (Cor Preta): www.qcola.com.br/adesivo-de-parede-viva
  • Adesivo de MANDALA (Tam. 50x50): http://www.qcola.com.br/adesivo-de-parede-mandala-color

Está aprovado e indicado! Espero que tenham gostado e possam ter se inspirado. Beijos!!

O produto foi enviado pela loja, porém a resenha foi feita com base em minha opinião sincera, sem sofrer nenhum tipo de alteração. Não recebi nada além do produto para poder falar dele. As percepções são pautadas com base nas minhas impressões, de acordo com meu contexto, sendo portanto provável que o resultado ou a opinião aqui mostrada não se aplique para outra pessoa.

23 julho 2016

Dica musical: Laboratorium Pieśni


Eu estou para fazer este post há muito tempo. Eu preciso apresentar a vocês o grupo Laboratorium Pieśni! Ele é composto por belas moças bielorrusas, estudantes de música, que também se dedicam a pesquisar por canções folclóricas e tradicionais dos Bálcãs, Polônia, Ucrânia, Bielorrússia, Geórgia, Escandinávia, e muitos outros países ao redor do mundo. 
Além de se dedicarem a música, vez por outra elas também encenam peças teatrais baseadas nas culturas antigas que têm estudado a fundo. Boa parte de suas músicas também são acompanhadas por instrumentos ancestrais, particularmente o tambor tradicional dos xamãs siberianos, e outros instrumentos étnicos, como caixa shruti, ringtones, przeszkadzajek, flauta, kalimba, tigelas, gong, mergulhando fortemente nas improvisações de voz, inspirado pelos sons da natureza, seguindo a intuição, trazendo a sonoridade orgânica e crua de mulheres ancestrais, selvagens.


Para começar, minha favorita:



Pelo mar, um mar azul
Flutuava um bando de cisnes brancos
E de onde teria vindo a águia acinzentada?

Ela dispersou o bando pelo mar azul
Penas brancas voaram ao céu
Penas cinzas pousaram no prado verde
E quem as colherá?
- Uma bela menina

Shtoy pa moru ("Pelo mar"), canção tradicional da Bielorrússia








Em tempos líquidos é sempre bom dar uma cravada nas raízes. Espero que tenham gostado!

» fontes: 1 - 2

08 julho 2016

Wishlist literária


Mais uma gigantesca wishlist literária. Pra ler todos os livros que tenho vontade e estão na minha lista de vida, eu precisaria tirar umas férias de aproximadamente 24 meses e ir morar em uma ilha deserta. E pra comprar todos esses livros, só ganhando na loteria mesmo, porque olha... Hahahaha.
Enfim, vou compartilhar hoje com vocês meus desejos atuais de aquisição literária. Espero que gostem.


1. A Árvore do Ioga - B. K. S Iyengar: O consagrado mestre de ioga, um dos introdutores dessa prática no Ocidente, reúne nesta obra palestras e discussões que tratam da relação do ioga com a vida, a saúde e o mundo. Apresenta também um glossário completo com termos de ioga expressos em sânscrito.

2. Guia Prático da Beleza: Por Dentro e Por Fora - Juliana Neiva, Paula Neiva e Carolina Ribeiro: Toda mulher tem seu truque de beleza. A dermatologista Juliana Neiva e a nutricionista Carolina Ribeiro têm vasta experiência profissional nos assuntos mais importantes de suas áreas. Junto com a jornalista Paula Neiva fornecem dicas preciosas, respondem às principais dúvidas femininas e apontam as novidades mais modernas disponíveis no Brasil para cuidar da beleza, sem esquecer do bem-estar. Tratando de assuntos como rugas, flacidez, celulite, cabelos, o poder antioxidante dos alimentos e estresse, entre outros, este guia traz desde receitas que você pode seguir em casa aos mais novos tratamentos em consultório. 

3, 4, 5. "A Arte de" - Thich Nhat Hahn: A coleção Mindfulness Essentials ajuda a desmistificar a meditação e a trazê-la para o dia a dia. Os três simpáticos livros de bolso com capa dura são escritos pelo monge vietnamita Thich Nhat Hanh, respeitado mestre do zen-budismo. Com textos curtos, A arte de sentar, A arte de amar e A arte de comer orientam a prática da meditação consciente, tanto de iniciantes quanto daqueles que já estão familiarizados com as técnicas de atenção plena. As obras foram editadas com base no conjunto de 85 títulos do escritor, poeta e ativista da paz e dos direitos humanos, publicadas em vários países.

6. Mary Poppins - P. L. Travers: Uma das histórias mais amadas por crianças e adultos do mundo todo, Mary Poppins ganha uma nova edição, com ilustrações do estilista Ronaldo Fraga, tradução do escritor Joca Reiners Terron e posfácio da professora de literatura inglesa da USP Sandra Vasconcelos. Depois de desenhadas por Fraga, como verdadeiros croquis de moda, os desenhos foram bordados à mão em tecido e fotografados em estúdio. O leitor vai, finalmente, descobrir a história de Mary Poppins, a babá mágica que chega inesperadamente para cuidar das crianças Banks e lhes abre os olhos para os mistérios e as maravilhas que nos cercam, todos os dias..

7. Casa das Estrelas, O Universo Contado pelas Crianças - Javier Naranjo: Durante mais de dez anos o professor Javier Naranjo guardou as definições que seus alunos do curso primário (entre 3 e 10 anos) davam para palavras, objetos, pessoas e, principalmente sentimentos, em suas aulas de espanhol. Algumas centenas destas definições estão reunidas em 'Casa das Estrelas'. São poéticas, engraçadas, muitas vezes melancólicas. São universais.

8. Durante Aquele Estranho Chá - Lygia Fagundes Telles: Reunidos pela primeira vez em 2002, estes textos breves, de origens, naturezas e épocas diversas, compõem um vívido painel de memórias de Lygia Fagundes Telles, com destaque para seus encontros e diálogos com personalidades literárias que, de um modo ou de outro, marcaram a sua formação como escritora.Das conversas com Simone de Beauvoir e Jean-Paul Sartre às visitas a Jorge Amado e Zélia Gattai, da amizade com Hilda Hilst a um estranho diálogo com Jorge Luis Borges, passando por uma entrevista concedida à amiga Clarice Lispector, a autora passa em revista momentos que enriqueceram sua sensibilidade artística e sua visão de mundo.
Nos fragmentos de memórias reunidos aqui, Lygia Fagundes Telles se expõe inteira a seus leitores, tornando-os ainda mais próximos de sua obra literária, já por si tão calorosa e sedutora.

9. Caminho Alegre da Boa Fortuna - Geshe Kelsang Gyatso: O autor apresenta um comentário sistemático aos ensinamentos de Buda e conduz os leitores na prática da meditação. A linguagem é moderna, mas busca preservar a pureza dos ensinamentos transmitidos pelo próprio Buda.

10. Origens Mágicas, Vidas Encantadas - Deepak Chopra: Livro que analisa detalhadamente todo o processo da concepção de uma vida, sob três pontos de vista diferentes: fisiológico, psicológico e espiritual. Mais uma obra de Deepak Chopra, considerado o papa da medicina alternativa, a publicação também traz uma série de exercícios práticos para harmonizar a vida em família, assim como receitas para aliviar dores comuns na gravidez e fortalecer o espírito.

11. O Caminho para a Felicidade Suprema - Deepak Chopra: Quando mente, corpo e espírito estão em harmonia, a felicidade é o resultado natural, enquanto os sinais de desarmonia são o desconforto, a depressão, a ansiedade e as doenças em geral. Em O caminho para a felicidade suprema, Deepak Chopra aponta sete chaves que vão ajudar na construção da felicidade plena e iluminada. É necessário, porém, estar atento aos sinais.  O primeiro sinalizador é o corpo. É fundamental atender suas necessidades e respeitar seus limites. Outro ponto importante é a construção da verdadeira autoestima, experiência de busca interior e encontro com o verdadeiro ser. Também é necessário se livrar de hábitos e pensamentos tóxicos. Emoções como raiva, ansiedade e culpa, somadas a desequilíbrios no estilo de vida, também colaboram para uma vida infeliz. 

12. Reinventando o Corpo, Reanimando a Alma - Deepak Chopra: Para Deepak Chopra, o corpo humano é uma ficção e constitui-se, na verdade, de elementos invisíveis como energia e inteligência divina. Por isso, o conhecimento desses elementos pode ajudar as pessoas a eliminar a raiz da instabilidade e da doença e de sentimentos como o ódio. Neste livro, o médico indiano ensina como conhecer esses elementos e realizar uma autotransformação que chegue até a alma. Desta maneira, as pessoas poderão viver com plenitude em todos os aspectos da existência. 

13. O Livro da Vida: 365 Meditações Diárias - Krishnamurti: Uma das obras mais originais de Krishnamurti, este livro contém trechos de conferências publicadas e inéditas, assim como de diálogos e ensaios que sintetizam a essência do pensamento do filósofo. Krishnamurti acreditava que a experiência era mais importante do que a teoria e por isso a meditação seria tão fundamental. Também afirmava que o autoconhecimento era a chave para solucionar os problemas humanos e a urgente mudança social só seria possível a partir de uma transformação individual. 
Divididas pelos meses do ano, pílulas diárias de reflexão permitirão uma leitura fragmentada para o entendimento prático desses e outros conceitos. Por meio das meditações, pode-se compreender o pensamento de Krishnamurti, suas visões sobre o mundo e como influenciou o pensamento filosófico. 

14. 365 dias com Hemógenes - Fredimio B. Trotta: Mais do que apenas um livro, 365 dias com Hermógenes atua como um verdadeiro remédio: as pílulas de sabedoria contidas nessas páginas são capazes de curar e elevar a alma de quem as lê. Além de purificar, os conselhos diários do professor Hermógenes oferecem novas visões sobre os mais variados assuntos, refletindo a cada mês sobre um tema: desde paz e prazer até liberdade e ética. A partir da ótica espiritualizada de Hermógenes, o leitor sentirá sua mente se expandir e os laços com Deus se estreitarem.

15. Sabedoria de Hermógenes - Col. Pegue & Leve Saraiva: Professor Hermógenes é educador, filósofo, difusor da yogaterapia e pioneiro da medicina holística no Brasil. Neste volume inédito estão reunidos 3 livros com texto integral, originalmente editados de forma independente na coleção “Sabedoria de Hermógenes”. Um livro com textos curtos para consulta diária, palavras que semeiam harmonia e bem-estar compiladas tematicamente por Fredímio Trotta, estudioso da obra do Professor. Mentalize uma pergunta, respire fundo e concentre-se em sua questão. Abra em uma página, leia a resposta e reflita. As páginas deste livro funcionarão como um bálsamo para a alma.

16. Felicidade Genuína, Meditação Como o Caminho Para A Realização - B. Alan Wallace: No mundo de estimulo excessivo de hoje, a felicidade adquirida por meio da riqueza material e conquistas frívolas tem vida curta, para alcançar a felicidade de longo prazo, você deve acessar os seus próprios e abundantes recursos pessoais, abrigados em seu coração e mente. Em “Felicidade genuína” estudioso Alan Wallace, estudioso e praticante budista há 35 anos, leva a abraçar a alegria interior por meio do poder singular da meditação. Wallace descreve, portanto, um conjunto de cinco meditações essenciais tibetanas que, se incorporadas ‘a sua vida, mostrarão que a alegria está a apenas alguns minutos meditativos de distancia.

17. Círculos Sagrados Para Mulheres Contemporâneas - Mirella Faur: A autora compartilha suas experiências e conhecimentos sobre a formação, condução e manutenção de um círculo cerimonial. Esta obra, escrita de forma didática e repleta de orientações práticas e modelos de rituais, celebrações e meditações, fornece um precioso material informativo para qualquer pessoa interessada em iniciar, ampliar ou aprofundar as vivências relacionadas à sabedoria milenar feminina em sua vida e em benefício do planeta.

18. No Coração da Vida, Sabedoria e Compaixão para o Cotidiano - Jetsunma Tenzin Palmo: Tenzin Palmo é uma grande professora da linhagem Drukpa, recomendada por outros grande nomes como S.S. Dalai Lama, Alan Wallace entre outros. Tenzin Palmo passou 12 anos em retiro numa caverna no Himalaia e atualmente é responsável por um mosteiro feminino na Índia e também leciona e conduz retiros por todo o mundo. 
Neste livro, Jetsunma apresenta meios como se pode levar uma vida mais significativa, seja para praticantes experientes, seja para iniciantes no contato com o budismo.
Este livro estabelece de forma simples alguns indicadores para ajudar praticantes comuns a usar o Dharma para levar uma vida mais significativa. Nossa mente, com seu fluxo incessante de pensamentos, memórias, opiniões, esperanças e medos, é nossa companhia constante, da qual não conseguimos escapar nem mesmo em sonhos. Assim, faz sentido cultivar para nossa jornada uma companhia de viagem que valha a pena.

19. Comer Animais - Jonathan Safran Foer: Em seu primeiro livro de não ficção, Jonathan Safran Foer, autor do premiado Tudo se ilumina, mergulha no mundo da chamada agricultura industrial nos Estados Unidos – a criação intensiva de aves, porcos e bois –, assim como na pesca em larga escala. Após três anos de pesquisas, o resultado é um panorama assustador. O livro é um convite a uma dieta mais consciente.

20. Reflexões Sobre a Criança, o Brinquedo e a Educação - Walter Benjamin: Escritos entre 1913 e 1932, os ensaios reunidos neste volume condensam o essencial do pensamento de Walter benjamin no tocante à educação, foco de inquietações que atravessaram toda sua obra. Com lucidez extraordinária, o autor discorre sobre aspectos da vida universitária, o ensino de moral, o aprendizado da leitura, a prática do teatro, os brinquedos, jogos, livros infantis e, ainda, os contrastes entre a educação burguesa e os desafios de uma pedagogia revolucionária.

21. Os Monges e Eu, Como 40 Dias no Mosteiro Francês de Thich Nhat Hanh Transformaram Minha Vida - Mary Paterson: Um relato dos quarenta dias que a autora Mary Paterson passou no mosteiro do mestre zen-budista Thich Nhat Hanh, onde ouviu atentamente seus ensinamentos na companhia de monges e monjas. Nesta envolvente história da peregrinação, Mary conta sobre os desafios que provocaram uma metamorfose em suas relações consigo mesma, uma jornada que a ensinou a manter a alegria em quaisquer circunstâncias e despertou nela a sua autoconfiança e força interior. Este livro nos ensina a aplicar os profundos ensinamentos budistas à nossa vida num período de quarenta dias, auxiliando a cultivar a alegria, sabedoria e força interior.

Alguém aí já leu algum desses? Me contem nos comentários! Beijos.

Coisas Fúteis - Desde 2011. Tecnologia do Blogger.
Coisas Fúteis © , All Rights Reserved. BLOG DESIGN BY Sadaf F K.