Meus looks favoritos do Rioetc

O Rioetc é um do sites que mais me inspiram no quesito moda. Pra quem não conhece, o site de estilo de vida retrata e exalta o jeito de se viver na Cidade Maravilhosa. Foi criado em novembro de 2007, por Renata Abranchs e Tiago Petrik, um casal apaixonado pela cidade, decidiram criar um veículo que tivesse como pauta exaltar o Rio, seus habitantes, sua capacidade criativa. Ela, consultora de moda; ele, jornalista. E, pro post de hoje, resolvi compartilhar com vocês meus looks favoritos que foram postados nos últimos tempos. O mais interessante é que eles não buscam pessoas que estão seguindo a "última moda", mas que expressam suas personalidades através das roupas.






E aí, vocês já conheciam o site? O que acharam? Beijos!

One lovely blog: a premiação, 11 questões e blogs adoráveis


Fui indicada pela linda da Pâmela, do blog Todo Mel da Flor, e pela Babi, do Uai, Babi!, para responder o One lovely blog que, pelo que li, consiste em uma premiação que rola há muitos anos no mundo blogueiro. Fiquei tão surpresa e feliz! Primeiro, porque amo o Todo Mel da Flor e o Uai, Babi!; segundo, que acho muito legal blogs indicarem outros blogs através de selos e premiações como essa. Meninas, muito muito muito obrigada pela indicação, de coração! Admiro muito vocês e fico lisonjeada de ter sido escolhida dentre tantos outros blogs lindos.
Enfim, as regras da “One lovely blog” são simples: você deve agradecer a quem te indicou; responder as 11 perguntas propostas pela tag; indicar 11 blogs e avisar aos indicados.
Aí vão as perguntinhas...


1. Por que decidiu criar o blog e quando começou?
O blog foi criado em agosto de 2011, quando eu estava no Ensino Médio e passei por uma greve de professores de quase 4 meses. Sempre gostei de ler blogs e, com o tédio somado à vontade de compartilhar gostos e ideias, decidi criar o blog, sem nenhuma expectativa. E aqui estou eu.

2. Quais os benefícios o blog te traz?
O blog, pra mim, é um hobby e uma terapia! Acho lindo quando compartilho algo, uma ideia, e alguém se identifica. Ou quando posso, de alguma forma, ajudar alguém que precisa. Além de tudo, através do blog, conheci pessoas incríveis e maravilhosas (leitores e outras blogueiras). Blogar é uma eterna aprendizagem.

3. Qual é o post mais acessado?
Os posts mais acessados são os da série onde reúno Layouts Free.

4. Você usa as redes sociais?
Adoro rede sociais. Digamos que sou viciada. Só não sou muito fã de ficar batendo papo pela internet. (Entenda melhor aqui).

Pinterest ♥ Twitter ♥ Instagram ♥ Facebook

5. Como o blog tem evoluído?
Olha, juro que não sei como consegui cativar tantos leitores e leitoras lindos. Só sei que vocês estão sempre por aqui, me acompanhando. E isso me surpreende e me deixa muito feliz. Quando parei de me preocupar com números, parcerias, sucesso, e comecei realmente a me dedicar com amor e carinho, o reconhecimento veio naturalmente.

6. Já viveu algum fato importante por conta do blog?
Acho que nada que fora tão importante e impactante na minha vida. Nada que tenha me marcado realmente. Só os momentos de alegria que o blog me traz.

7. De onde nasce inspiração para escrever e continuar com o blog?
Outra coisa que não sei explicar. As ideias simplesmente fluem. Depois de muito tempo escrevendo, você começa a pensar na lógica "blogueira". Qualquer coisa que você vê pode se transformar em uma ideia de post. Mas claro que muitas inspirações vêm de fotografias, revistas, e outros blogs. E, para continuar com o blog, a minha maior inspiração são os leitores, que sempre me acompanham e me dão ouvidos (ou olhos, talvez, haha).

8. O que você tem aprendido a nível pessoal e profissional durante esse ano?
Esse ano foi o ano mais incrível para mim no que diz respeito à minha vida profissional e amorosa. No nível pessoal, principalmente nas amizades, acho que tenho deixado a desejar.

9. Qual sua frase favorita?
Ih, são várias... Por agora, fico com essa: "Happiness only real when shared".

10. Qual conselho você daria para quem está começando agora no mundo dos blogs?
Não importam os números de seguidores, de comentários, de curtidas. O que importa é escrever com amor. É postar porque quer, e não porque precisa. O resto, vem com o tempo e quando as pessoas reconhecem sua dedicação gratuita. Faça por amor, sem esperar nada em troca.

11. O que os blogs que você vai indicar tem em comum?
São todos blogs mais pessoais, com layouts lindos, escritos com muito amor e cheios de personalidade.


É isso, amores! Espero que tenham gostado e não deixem de visitar os blogs que indiquei. Beijos, beijos e mais beijos!

Links da Semana #10


Mais um Links da Semana no ar! Tenho deixado pra fazer super em cima da hora, e o cansaço e a pressa não têm me deixado montar o post bem estruturado e organizado. Mas, não poderia deixar de indicar pra vocês alguns links ótimos que visitei essa semana e que são imperdíveis. Deem só uma olhada:

1. Como o sol te vê, no Cambaleando
2. Torta de queijo e tomate, no Caos Criativo
3. Por que ainda dizer bom dia?, no Mil Pétalas
4. Tea with me - amor por chás e dicas pra comprar o seu, no Girls With Style
5. A linha tênua entre liberdade de expressão e discurso de ódio, no Girls Wish Style
6. 20 coisas que aprendi sobre fotografia, no Primeira à Esquerda
7. 6 músicas apaixonantes da Colbie Caillat, no Another Girl, Another Planet
8. 21 Segredos que pessoas ansiosas não contarão a você, no Tudo Interessante
9. Terra Estrangeira - Gregório Duvivier, no Folha de S.Paulo
10. 20 viagens de trem para se fazer pelo menos uma vez na vida, no Nômades Digitais

É isso! Espero que tenham gostado. Me mandem também links legais que vocês viram por aí! Beijos.

Desapegue-se do medo de desapegar


A maioria de nós, seres humanos, tem dificuldade de desapegar do que quer que seja. Eu nunca tive problemas em desapegar das minhas roupas porque isso me foi ensinado desde o berço. Mas das pessoas... ah, como é difícil! Ainda é algo que vou aprender, se Deus quiser.
Tenho sempre em mente que, para que novas coisas cheguem, é preciso darmos espaço para elas. Tem muita coisa parada em nossa vida que precisamos passar para frente, para que novidades apareçam. E isso vai desde coisas materiais, até sentimentos. É muita coisa desnecessária ocupando espaços importantes, e a maioria delas só estão ali por comodidade ou hábito. Vamos liberar nossas gavetas? Nosso coração?

Desapegar de uma pessoa amada é bem mais difícil do que doar uma roupa que já não lhe agrada mais. Mas também não é impossível. Quando você conseguir 'deixar ir', com certeza sentirá uma leveza e um alivio sobre os ombros. E o mais importante para conseguirmos dar esse passo é nos libertarmos do egoísmo, pensar que as pessoas sim precisam ir e que as coisas materiais que não nos são mais úteis, podem ser para outra pessoa. Desapegue não por você, para se livrar de algo que incomoda, mas desapegue pelo simples fato de enxergar que há pessoas no mundo sem nada, enquanto você tem tanto.

Por isso, vamos desapegar? Esse termo, que pode parecer tão clichê, carrega consigo muitas coisas positivas. E eu lhe convido a começar pelas coisas materiais. A partir disso você vai ver como tudo vai ficando mais fácil.

Estou pensando em colocar na minha cidade um projeto de doações em prática, e já separei tudo isso da foto, graças a Deus. Todas as roupas estão em bom estado, só não me agradam mais (na verdade, algumas nunca agradaram). É muito importante que as roupas estejam novas, não adianta doar coisas acabadas e destruídas. Pense sempre: se não serve pra mim, se está rasgada, velha, não vai servir para outra pessoa também. Não é porque a pessoa tem menos condições financeiras que você, que ela precisa usar qualquer coisa, não é mesmo?
Enfim é sempre ótimo me desapegar de roupas. A cada 3 meses, aproximadamente, eu tiro algumas peças e dou para o bazar do meu centro. Dessa vez fiquei quase sem, já que estou desde janeiro sem comprar (entenda melhor aqui).

Esse tipo de atitude traz benefícios aos outros e, principalmente, a você. Teste e depois me conte como é a sensação. Você que é blogueiro (a), que tal entrar nessa corrente e doar o que não te serve mais e também incentivar seus leitores a fazer o mesmo? Ah, e é óbvio que você não precisa ser blogueiro para fazer isso. Todos nós temos necessidade de deixar ir embora tudo o que não nos serve mais, em todos os âmbitos da vida. 

"Alguns dentre vós são pobres, acham duro viver, e estão, por assim dizer, esforçando-se por respirar. Não me resta dúvida de que alguns leitores deste livro não têm meios de pagar todos os jantares que comeram ou os casacos e sapatos que estão depressa se gastando ou já se encontram gastos, e defrontam-se com esta página por conta de uma horinha emprestada ou roubada, passando para trás os credores.
Simplicidade, simplicidade, simplicidade! Tenha dois ou três afazeres e não cem ou mil; em vez de um milhão, conte meia dúzia… No meio desse mar agitado da vida civilizada há tantas nuvens, tempestades, areias movediças e mil e um itens a considerar, que o ser humano tem que se orientar – se ele não afundar e definitivamente acabar não fazendo sua parte – por uma técnica simples de previsão, além de ser um grande calculista para ter sucesso. Simplifique, simplifique." (Walden - Henry D. Thoreau)